COLÉGIO FUTURO - Horizontal topo

Cidades atingem boas notas no índice de gestão do Tribunal de Contas

Região

Alto Alegre, Glicério e Penápolis receberam nota C+; as demais ficaram com C

Penápolis recebeu nota C+ do Tribunal de Contas de São Paulo

Penápolis recebeu nota C+ do Tribunal de Contas de São Paulo. Foto: Arquivo/JI

JARDIM DO LAGO 6 DEZ 2021 HORIZONTAL MEIO DA NOTÍCIA

Municípios que compõem a microrregião foram bem avaliados durante levantamento feito pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo) para o IEG-M (Índice de Efetividade da Gestão Municipal). De acordo com o órgão, nenhuma cidade alcançou as notas máximas, que são A (altamente efetiva) e B (muito efetiva), no entanto, das sete locais, três ficaram perto da média estadual.

Segundo os dados, Alto Alegre, Glicério e Penápolis receberam nota C+ (gestão em fase de adequação). Elas obtiveram o IEG-M entre 50,0% e 59,9% da nota máxima. As demais – Avanhandava, Barbosa, Braúna e Luiziânia – ficaram com C (baixo nível de adequação), com o índice menor ou igual a 49,9%.

Os dados consolidados do indicador, que analisou os 644 municípios, com exceção da Capital, em sete áreas temáticas - educação, saúde, planejamento, gestão fiscal, meio ambiente, proteção dos cidadãos e governança da tecnologia da informação -, serão apresentados de forma clara e objetiva para auxiliar na correção de rumos, reavaliação de prioridades e consolidação do planejamento municipal.

O estudo foi feito com base em informações prestadas pelas administrações e obtidas durante a fiscalização do TCE, visando dar transparência às ações governamentais, uma vez que o IEG-M tem como principal finalidade o aperfeiçoamento das políticas adotadas para atendimentos das necessidades da população.


EFICIÊNCIA

O índice foi criado em 2015 pelo órgão para medir a eficiência das prefeituras. Com foco em infraestrutura e processos, avalia a aplicabilidade das políticas públicas em sete setores da administração e, com isso, oferece elementos que subsidiam a ação fiscalizatória do Controle Externo e da sociedade.

Os resultados obtidos também produzem informações que têm sido utilizadas por prefeitos e vereadores na correção, reavaliação de prioridades e consolidação do planejamento dos municípios. A iniciativa ainda possibilita a comparação de resultados entre municípios de mesmo porte, o que permite o intercâmbio de boas práticas e o aprimoramento constante das gestões. Os dados estão no site do Tribunal.



FUNEPE INSTITUCIONAL horizontal topo

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.