JOVEM PAN PENÁPOLIS

Emenda impositiva pela Câmara viabiliza gerador para a Santa Casa

Política

Emenda impositiva ao orçamento foi indicada através dos vereadores Batata da Pizzaria (PSDB), Professora Jandinéia (PT) e Dona Vilma (REPUBLICANOS)

Emenda impositiva do vereador Batata da Pizzaria e das vereadoras Professora Jandinéia e Dona Vilma possibilita novo gerador de energia para a Santa Casa

Emenda impositiva do vereador Batata da Pizzaria e das vereadoras Professora Jandinéia e Dona Vilma possibilita novo gerador de energia para a Santa Casa. Foto: Imagem/Câmara

ELDORADO SUPERMERCADO

A Câmara Municipal de Penápolis aprovou em sua sessão segunda-feira, dia 23, projeto do Executivo com autorização para a administração municipal pagar R$ 302 mil para a aquisição de um novo gerador de energia para a Santa Casa.

O investimento terá viabilização com emenda impositiva ao orçamento através dos vereadores Batata da Pizzaria (PSDB), Professora Jandinéia (PT) e Dona Vilma (REPUBLICANOS). O atual gerador de energia da Santa Casa foi adquirido em 1979 e quando acionado  apresenta constantes falhas no seu funcionamento.


ORÇAMENTO

Em 2ª e última discussão, a Câmara Municipal também aprovou projetos do Executivo para os orçamentos  do município e do Consórcio Intermunicipal  Ribeirão Lajeado para 2024, e suplementação orçamentária  de R$ 30 mil para o Esporte.

Dois outros projetos em pauta tiveram adiamento para votação: instituição da nova zona azul (Executivo) e normas de prevenção e controle contra criadouros  de mosquitos aedes e outros (vereador Ditinho).


DENGUE

O vereador Batata da Pizzaria requereu informações à administração municipal sobre  o registro de casos de dengue nos últimos seis meses na cidade. A iniciativa foi motivada pelo crescimento da quantidade de contaminados com a doença.


PISCINA

O vereador Júlio Caetano (PSD) requereu informações sobre o tratamento da água da piscina do Centro de Lazer do Trabalhador. O pessedista relata que o local teve recente liberação para uso da população, mas as crianças não estão podendo fazer natação por causa da sujeira da água.
No documento encaminhado ao Executivo ele questiona se existe contratação de empresa para a realização da limpeza da piscina e a previsão para efetiva liberação da mesma. (*) Imprensa/Câmara



JARDIM DO LAGO 6 NOVO HORIZONTAL TOPO

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.