Entidades promovem vendas de pizzas e panquecas

Cidade

Convites podem ser adquiridos com representantes das duas associações

Duas entidades de Penápolis, sendo uma ligada às causas dos animais e a outra ao atendimento de crianças e adolescentes, promovem a venda de pizzas e panquecas para manutenção de suas atividades.

Trabalham nessas ações a Apap (Associação de Proteção dos Animais de Penápolis e a AVI (Associação Vila da Infância) da Igreja Metodista de Penápolis, com os convites sendo adquiridos com representantes das duas entidades e seus colaboradores.

Para ambas, essa é a oportunidade das pessoas ajudarem a manter as atividades, principalmente nesse período de pandemia do novo coronavírus, a Covid-19.


PIZZAS

Para quem já adquiriu os convites da Apap, que ainda estão à venda a R$ 20 cada, a entrega será no próximo domingo (17). A associação entregará as pizzas pré-assadas das 10h30 às 13h, no salão Mariah Festas, na rua Firmino Teixeira Sampaio, 51, no Jardim Primavera.


PANQUECAS

Já na Vila da Infância, que colocou à venda cada convite a R$ 15, será um marmitex com seis unidades de panquecas, nos sabores de carne e frango, acompanhado de arroz. Os interessados devem entrar em contato pelos telefones 3652-0455 e 99639-1302. A entrega será no sábado (16), na sede da entidade, na rua José Carlos Pereira, 873, na Vila Paulista, das 11h30 às 12h30.


APAP

A Apap trabalha para ser uma ONG cada vez mais sustentável, com eventos e parcerias, para conseguir dar continuidade ao trabalho e pedindo o mínimo possível. Enquanto isso não acontece, a entidade ainda precisa recorrer à comunidade para conseguir recursos, geralmente com atividades e eventos.

Todos os animais adotados na associação são castrados ou serão castrados quando chegar a idade. São os eventos que ajudam custear as despesas, e quanto mais vende, mais animais são castrados e resgates, e menos animais se reproduzindo na rua.


VILA DA INFÂNCIA

A entidade trabalha com atividades e projetos direcionados à crianças e adolescentes de 6 a 15 anos, destacando o SCFV (Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo). Durante a quarentena, a instituição estará com suas atividade suspensas até a segunda ordem, ficando aberta somente para informações e orientações. Os responsáveis deve orientar suas crianças e adolescentes para que evitem aglomerações e lavem as mãos constantemente, observando as recomendações do Ministério da Saúde.



AREIA BRANCA

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.