JOVEM PAN PENÁPOLIS

Estudo do TCE-SP aponta que a Câmara de Alto Alegre é a que apresenta maior custo por cidadão na Comarca

Política

Apesar do menor número de habitantes, é a Câmara que apresenta maior custo por cidadão na Comarca

COLÉGIO FUTURO - Horizontal meio da noticia

A manutenção e o custeio das 644 Câmaras Municipais distribuídas no Estado de São Paulo (exceto a da Capital) custam, em média, R$ 112,34 por cidadão paulista. Os dados integram levantamento do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) com base em gastos realizados pelo Poder Legislativo nas cidades do interior, do litoral e da Região Metropolitana do Estado.

Os números, colhidos pelo Sistema de Auditoria Eletrônica do TCE, fazem parte da última atualização e estão disponíveis para consulta na plataforma Mapa das Câmaras. A ferramenta oferece, ainda, a busca e a visualização segmentada por município, e permite que os dados sejam baixados na forma de planilhas.

Na Comarca de Penápolis, a Câmara de Alto Alegre (cujo município é o que possui o menor número de habitantes) é a que apresenta o maior custo por cidadão na Comarca de Penápolis.

Vejam os dados divulgados pelo TCE-SP:

Alto Alegre - R$ 310,69

Avanhandava - R$ 127,64

Barbosa - R$ 214,29

Braúna - R$ 178,79

Glicério - R$ 264,23

Luiziânia - R$ 252,55

Penápolis - R$ 70,21


Fonte:

https://painel.tce.sp.gov.br/pentaho/api/repos/%3Apublic%3ACamara%3Acamara.wcdf/generatedContent?userid=anony&password=zero



JARDIM DO LAGO 6 NOVO HORIZONTAL TOPO

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.