FERREIRA ENGENHARIA Horizontal topo

Funepe ganha posto de atendimento do Cejusc anexo ao NPJ

Educação

Unidade visará proporcionar possibilidade extra de atendimento gratuito à comunidade penapolense

Posto de atendimento será instalado no NAC (Núcleo Acadêmico e Cultural)

Posto de atendimento será instalado no NAC (Núcleo Acadêmico e Cultural). Foto: Divulgação

ELDORADO SUPERMERCADO

A Fafipe (Faculdade de Filosofia Ciências e Letras), mantida pela Funepe (Fundação Educacional de Penápolis), recebeu o parecer do TJ-SP (Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo) sobre a aprovação do Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania), anexo ao NPJ (Núcleo de Práticas Jurídicas) do curso de Direito da instituição.

O posto de atendimento, que será instalado no NAC (Núcleo Acadêmico e Cultural), localizado ao lado do Fórum na praça Dr. Carlos Sampaio Filho, visa proporcionar possibilidade extra de atendimento gratuito à comunidade penapolense e garantir aos alunos a experiência prática na formação pedagógica.

Segundo o coordenador do curso de Direito, Pedro Sanchez, os alunos poderão desenvolver práticas reais de solução de conflitos por meio da mediação e conciliação em atendimentos à comunidade, sob a orientação de docentes e advogados contratados.

“Entendemos que a teoria e execução são fundamentais para a formação acadêmica de excelência no ensino superior e, por isso, nos empenhamos em oferecer as melhores práticas e ferramentas aos nossos alunos, além de oferecer assistência e assessoria jurídica para assuntos cíveis às pessoas mais carentes da comunidade local e regional”, indicou.


NPJ E CEJUSC

Atualmente, os alunos da faculdade já contam com a prática no posto de atendimento do Cejusc, que existe na sede da Polícia Militar, em um convênio firmado em 2022.

Importante salientar que a Funepe/Fafipe adotou, no último ano, o uso de um software que simula os principais sistemas dos Tribunais de Justiça, consistindo em mais uma ferramenta de aprendizado para o corpo discente da graduação.

“Contar com o Posto de Atendimento do Cejusc, anexo ao Núcleo de Práticas Jurídicas, com toda certeza é uma importante conquista e avanço para o curso e melhoria na qualidade do ensino prático aos nossos alunos”, destacou Sanchez.

O NPJ é composto por um tribunal de júri, com capacidade para 191 pessoas, salas de atendimento, conselho de sentença, audiência, cartório, secretaria e a sala de reunião Fernando Lazari.

O núcleo como escritório experimental para os alunos têm o objetivo de cumprir sua função social de atender a comunidade e cumprir com o requisito de estágio em prática real como componente obrigatório do projeto pedagógico para a formação completa dos alunos da instituição. (*) Com informações da A/I da Funepe



AREIA BRANCA HORIZONTAL TOPO

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.