Grupo arrecada fundos em campanha para conseguir mais leitos de UTI

Região

Meta é arrecadar, pelo menos, R$ 5 milhões para as unidades de saúde na região

Ao todo, são mais de 40 municípios que atendem hoje mais de um milhão de pessoas

Ao todo, são mais de 40 municípios que atendem hoje mais de um milhão de pessoas. Foto: Ilustração

O grupo “Noroeste Com Vida” está arrecadando fundos para as Santas Casas da região com o objetivo de ajudar as unidades a enfrentar a pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, bem como fortalecer o sistema público de saúde.

A campanha criou um fundo filantrópico destinado a receber doações financeiras. Ao todo, são mais de 40 municípios que atendem hoje mais de um milhão de pessoas. Dentre os hospitais a serem beneficiados estão os de Araçatuba, Andradina, Birigui, Castilho, Penápolis, Guararapes, dentre outros, além de conseguir mais 30 leitos de UTI (Unidades de Terapias Intensivas) e equipamentos diversos.

A meta é arrecadar, pelo menos, R$ 5 milhões. De acordo com um dos instituidores do movimento, Dario Ferreira Guarita Neto, só unindo todos os municípios da região e tendo uma ação coordenada entre eles que poderemos proteger e cuidar da população, podendo ser uma referência de gestão regional para o Estado e para o país.

“O fundo foi criado porque os recursos que estão sendo mobilizados pela sociedade civil e empresas na capital paulista terão muita dificuldade de chegar no interior. Por isso, foi necessária uma ação rápida e coordenada para o Noroeste Paulista, que conte com a ajuda de todos os cidadãos, empresas e instituições”, destacou.

Além das Santas Casas, os recursos serão destinados também para as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da região, após avaliação de um corpo técnico e gestor independente, para conscientização e aquisição dos itens necessários para que a população passe por essa fase de crítica do Covid-19. “O objetivo é montar a melhor estrutura possível do sistema de saúde”, ressaltou Neto.

Dentre os itens que poderão ser adquiridos na campanha estão respiradores, testes para diagnóstico de infecção por coronavírus, equipamentos para UTI (cardioversores, aspiradores de secreção, monitores), hospitalares (cadeiras de rodas, camas, macas), materiais médicos e enfermeiros (aventais, máscaras, toucas, luvas) e medicamentos que estão na lista de prioridades para aquisição por meio do fundo filantrópico.

Neto ainda ressalta que a conscientização e educação da população com relação a prevenção e o melhor uso do sistema de saúde também está entre as destinações dos recursos.

“O fundo tem gerenciamento financeiro da Sitawi, uma Oscip (Organização Social de Interesse Público), que já gerenciou mais de 30 fundos filantrópicos e rotativos e desembolsou cerca de R$ 48 milhões para mais de 100 organizações da sociedade civil e negócios de impacto, atingindo mais de 700 mil pessoas. Ela é responsável por operacionalizar o fundo”, explicou.

O conselho gestor do fundo, com o apoio de um corpo técnico independente formado por médicos e pessoas respeitadas do setor de saúde da região, autoriza as transferências para os beneficiários.


DOAÇÃO

Existem duas formas de doação. Uma é de R$ 20 até R$ 10 mil por meio da Sitawi, no link: www.bsocial.com.br/causa/noroeste-com-vida, site oficial do fundo. Para doações acima de R$ 10 mil, é preciso fazer o depósito direto na conta corrente sob o número 16311-4, agência 0431, do Itaú, e CNPJ 09.607.915.0001-34.

Após a transferência realizada, o doador recebe um recibo em nome da Sitawi, organização que faz o gerenciamento do fundo. Para ambas as doações, existe uma taxa descontada de 4% para custos de gerenciamento da Sitawi sobre todo valor repassado aos beneficiários. Para os recursos doados via plataforma BSocial, existe a taxa de 7% para custos de transação e antecipação pelo PagarMe (abaixo de R$ 10 mil).


Confira a lista de municípios elegíveis a receber os recursos:


Alto Alegre

Andradina

Araçatuba

Auriflama

Avanhandava

Barbosa

Bento de Abreu

Bilac

Birigui

Braúna

Brejo Alegre

Buritama

Castilho

Clementina

Coroados

Gabriel Monteiro

Glicério

Guaraçaí

Guararapes

Guzolândia

Ilha Solteira

Itapura

Lavínia

Lourdes

Luiziânia

Mirandópolis

Murutinga do Sul

Nova Castilho

Nova Independência

Nova Luzitânia

Penápolis

Pereira Barreto

Piacatu

Rubiácea

Santo Antônio do Aracanguá

Santópolis do Aguapeí

São João de Iracema

Sud Mennucci

Suzanápolis

Turiúba

Valparaíso

Sud Mennucci

Suzanápolis

Turiúba

Valparaíso



JARDIM DO LAGO 6 HORIZONTAL TOPO

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.