COLÉGIO FUTURO - Horizontal topo

Homem é preso pela Polícia Civil acusado de tráfico de drogas no Jardim Eldorado

Polícia

Em depoimento na presença de advogada, o rapaz confessou o tráfico de drogas

Materiais relacionados ao tráfico localizados e apreendidos na casa do acusado

Materiais relacionados ao tráfico localizados e apreendidos na casa do acusado. Foto: Divulgação

FERREIRA ENGENHARIA Horizontal meio da notícia

Policiais Civis do 1º Distrito Policial de Penápolis prenderam nesta sexta-feira (17), um homem de 24 anos, acusado de tráfico de drogas. A ação policial em cumprimento a mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça, ocorreu no início da tarde, pelo bairro Jardim Eldorado.

A equipes de policiais civis e militares coordenadas pelos Delegados Thales Anhesini e Gabriel Brienza, participaram de operação. Eles deram cumprimento às ordens de busca e apreensão expedidas em 9 de maio pelo Juízo da 2ª Vara da Penápolis.

Foram alvos da operação três imóveis, sendo que em um deles, no Jardim Eldorado, os policiais fizeram contato visual com o acusado, no corredor da sala. Ele imediatamente jogou no quarto uma sacola que trazia em mãos. O rapaz foi abordado e algemado.


COCAÍNA

Recolhida a sacola dispensada por ele, verificou-se que em seu interior havia o total de 46 pinos contendo cocaína, sendo 17 de cor branca, de maior porte, e 29 menores, de cor preta.

Vistoriando o imóvel, os policiais localizaram a quantia de R$ 1.049,00 em espécie e o celular do averiguado. O acusado recebeu voz de prisão do Delegado Thales e foi conduzido ao Plantão Policial.

Interrogado na presença de Advogada, o preso confessou estar traficando drogas e que vende cada pino preto por R$ 20,00 e cada branco por R$ 50,00, bem como admitiu que o dinheiro apreendido é da venda de drogas.

Ao final ele foi autuado em flagrante e indiciado no crime de tráfico de drogas, sendo recolhido à Cadeia Pública de Penápolis, ficando à disposição da Justiça.



JOVEM PAN PENÁPOLIS

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.