Penápolis confirma primeiro caso de sarampo

Cidade

Notificação ocorreu ontem (8); outros três estão sob investigação

As doses estão disponíveis nas Macros 1, 2 e 3 e é necessário apresentar a carteirinha de vacinação

As doses estão disponíveis nas Macros 1, 2 e 3 e é necessário apresentar a carteirinha de vacinação. Foto: Ivan Ambrósio

Penápolis confirmou o primeiro caso ‘importado’ de sarampo, ou seja, quando a pessoa fica infectada com a doença em outra localidade. A notificação ocorreu ontem (8). Segundo nota enviada pela assessoria de imprensa da Prefeitura, outros três casos locais estão sob investigação.

“Seguindo orientações do Ministério da Saúde, Penápolis não realiza campanha de vacinação contra o sarampo”, destacou a administração. O Executivo não informou o sexo e idade do paciente, mas apenas que a ‘campanha indiscriminada se concentra em São Paulo e outros três municípios paulistas’.

Nas situações de casos confirmados ou suspeitos, a Prefeitura relatou que é realizado o bloqueio, vacinando todas as pessoas que tiveram contato com o vírus. “As doses estão disponíveis nas Macros 1, 2 e 3 e é necessário apresentar a carteirinha de vacinação”, ressaltou.


ARAÇATUBA

Além de Penápolis, Araçatuba é outro município da região que já confirmou casos da doença. Segundo a administração, uma mulher de 18 anos, moradora do bairro Icaraí, foi infectada.

A suspeita foi registrada em 13 de julho, quando a Vigilância Epidemiológica foi comunicada e acionou a equipe da Atenção Básica para realizar o bloqueio nas mediações do local onde a mulher mora.

Em virtude do período de transmissão ser de 12 dias após apresentar os primeiros sintomas, foram vacinadas todas as pessoas que moram no entorno da casa dela.

A confirmação do caso foi feita por meio de exame realizado pelo Instituto Adolfo Lutz e, a partir de agora, a Saúde da Família expandirá as ações nos locais por onde a paciente passou ou esteve por mais tempo como, por exemplo, estabelecimentos comerciais.

O outro caso foi de um rapaz, de 20 anos, morador de Santos, que visitou os familiares em Araçatuba e acabou tendo o diagnóstico positivo para o sarampo. Neste caso, a equipe da Atenção Básica esteve nos locais por onde ele passou e realizou o bloqueio.


-- Quais os sintomas do sarampo?

Os sintomas são: febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e mal-estar intenso. Logo depois, manchas avermelhadas começam a aparecer no rosto e progridem para os pés.


-- Quem pode tomar a vacina

Crianças com um ano: devem tomar a 1ª dose regular;

Crianças com um ano e três meses: devem tomar a 2ª dose regular;

Pessoas de um a 29 anos devem ter tomado duas doses de vacina; quem não tem certeza se já tomou, ou não tem a carteirinha vacinal, deve procurar uma unidade de saúde;

Adultos de 30 a 59 anos: devem ter tomado pelo menos uma dose;

Araçatuba tem vacina em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde).


-- Dicas

Se perceber algum dos sintomas, a pessoa deve utilizar máscara higiênica para proteção e evitar circular em locais de grande fluxo de pessoas;

A vacina é a melhor forma de evitar a doença, que pode ser grave, especialmente se o paciente estiver debilitado;

Em gestantes, o sarampo pode provocar aborto ou parto prematuro. Em casos de complicação da doença, pode deixar sequelas como otites, infecções respiratórias, doenças neurológicas, surdez, cegueira, retardo de crescimento e redução da capacidade mental.



AREIA BRANCA

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.