FUNEPE INSTITUCIONAL horizontal topo

Penápolis terá semana de frio intenso e temperatura pode cair para até 1°C

Cidade

Forte massa polar derrubará temperaturas entre 17 a 21, favorecendo ocorrência de geadas

Temperaturas em Penápolis começarão cair a partir da próxima semana

Temperaturas em Penápolis começarão cair a partir da próxima semana. Foto: Arquivo/JI

FUNEPE INSTITUCIONAL 2 horizontal meio da notícia

Para quem gosta de frio, vem aí uma semana e tanto em Penápolis. Já os que não são fãs deste clima, deverão se preparar para retirar as blusas e agasalhos do guarda-roupa para usarem nos próximos dias.

Isso porque em virtude de uma forte massa polar, as temperaturas poderão cair abaixo de 10º C a partir da próxima quarta-feira (18), segundo estimativa do Climatempo e do Ipmet (Instituto de Pesquisas Meteorológicas) da Unesp (Universidade Estadual Paulista).

Até sábado (14), o tempo esquentará, com as temperaturas máximas chegando a 17ºC. Na segunda (16), com a chegada de um frente fria, o tempo começa a cair para 15ºC. O frio intenso chegará na terça (17), com a mínima a ser registrada de 9ºC.


GEADA

A partir de quarta, conforme o Climatempo, a temperatura cairá drasticamente para 4ºC e o ápice será no sábado (21), quando a previsão é que os termômetros registrem 1ºC. Em alguns dias, tem-se a expectativa de geada ao amanhecer. As nuvens aumentarão no decorrer das tardes.

Para os serviços de meteorologia, grande parte do Brasil enfrentará uma semana de frio atípico para este mês. Há previsão de neve e “chuva congelante” para Estados do Sul e geadas em outros trechos do país.

Nas redes sociais, o frio que se aproxima vem sendo divulgado como uma “erupção polar histórica”. Serão diretamente impactados todos os Estados do Centro-Sul. O ápice será entre os dias 16 e 22.

Ainda de acordo com os especialistas, o grande diferencial é que, desta vez, o deslocamento da massa de ar polar coincidirá com a passagem de um ciclone extratropical, o que trará umidade e possibilitará a ocorrência de eventos mais incomuns, como a queda de neve e precipitação da chamada “chuva congelante”.

Para o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a queda das temperaturas mínimas afetará também os Estados do Norte do Brasil. No Acre e em Rondônia, o frio causará o segundo episódio de friagem do mês. O primeiro ocorreu entre os dias 4 e 5. (*) Com informações do g1



COLÉGIO FUTURO - Horizontal topo

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.