JOVEM PAN PENÁPOLIS

Professora Jandinéia sugere contratação de médico volante

Política

Profissional atuaria nas unidades de saúde em que ocorressem a falta de médicos

Jandinéia sugere contratação de médico volante para atuar nas unidades e cobrir a falta de médicos

Jandinéia sugere contratação de médico volante para atuar nas unidades e cobrir a falta de médicos. Foto: Divulgação

JARDIM DO LAGO 6 NOVO HORIZONTAL MEIO DA NOTÍCIA

A falta de médicos nas UBSs do município foi tema de requerimento da vereadora professora Jandinéia (PT), aprovado na última sessão legislativa, atendendo solicitação de munícipes que sentiram prejudicados no atendimento de consultas nessas unidades.

Segundo a vereadora, as pessoas chegam para as consultas e são avisadas que o médico não vai atender naquele dia, sendo reagendadas para uma ou duas semanas para frente. “Isso não pode ocorrer, pois a pessoa que procura por atendimento médico, na maioria das vezes, não pode esperar por tanto tempo”, lamentou a vereadora.

Diante dessa demanda, a vereadora pediu ao Executivo, através da Secretaria Municipal de Saúde, informações sobre a possibilidade de colocar no cronograma de escalas médicas das UBSs um profissional (substituto) para cobrir as faltas dos titulares nessas unidades. “Na secretaria de Educação por exemplo, temos o professor substituto. Então a nossa proposta é que tenhamos, na saúde local, um médico para esse tipo de urgência”, explicou a vereadora.

Ela adiantou que a escala médica de plantão é um documento que designa a responsabilidade do plantonista e todas as suas implicações éticas e, na ausência de justa causa, como designado por legislação vigente, entende-se que é de sua responsabilidade a realização do plantão ou procura por substituto, exceto pela solicitação de exclusão em definitivo da escala, com a devida antecedência.

A vereadora finalizou dizendo que ocorre com muita frequência, em períodos próximos de feriados ou de festejos de fim de ano. a falta de profissionais presentes nas escalas. “Isso está gerando denúncia no âmbito da própria Secretaria Municipal de Saúde e na Câmara de Vereadores. Por isso estamos justificamos a necessidade de ter um médico exclusivamente para esse fim, para que os pacientes não fiquem sem atendimento ou tenham que retornar outro dia.” (Carlos Netto/Colaboração)

 



FERREIRA ENGENHARIA Horizontal topo

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.