FUNEPE INSTITUCIONAL horizontal topo

Treinador Oscar aposta na evolução do Penapolense durante o campeonato

Esportes

Equipe joga neste domingo (8), às 10h, contra o Fernandópolis fora de casa

Oscar acredita que a cada jogo, equipe evoluirá até chegar ao nível desejado

Oscar acredita que a cada jogo, equipe evoluirá até chegar ao nível desejado. Foto: Silas Reche/Assessoria do CAP/Colaboração

FUNEPE INSTITUCIONAL 2 horizontal meio da notícia

O técnico Oscar, que comanda o CAP (Clube Atlético Penapolense), acredita que a cada jogo, os jogadores evoluirão até chegar ao nível desejado, o que favorecerá toda a equipe. Ele destacou que, apesar de perder em Catanduva na estreia no Campeonato Paulista Sub-23 Segunda Divisão, todo o time foi bem e a derrota foi um resultado não merecido.

“Quem esteve presente viu que não era para sermos derrotados pelo que jogamos”, relatou. Em sua opinião, houve uma melhora no segundo jogo, até mesmo por ter atuado em casa e impor o ritmo da partida ocorrida no Tenentão contra a Inter de Bebedouro.

“Merece destaque que, em ambos os jogos, a superioridade física da nossa equipe em relação aos adversários foi visível”, analisou. Para a partida deste domingo (8) em Fernandópolis contra o time da casa, há alguns jogadores no departamento médico em tratamento.

No entanto, Oscar acredita que todos estejam recuperados e à disposição. Após a derrota em Catanduva, houve uma reunião que, na visão do treinador, fortaleceu a confiança mútua entre comissão técnica e atletas, o que foi fundamental para o crescimento da equipe.

“Nós sempre podemos evoluir, crescer e aprimorar. Acredito que a perfeição é divina, mas a busca dela é uma obrigação humana. O que podemos fazer para isso é trabalhar seriamente, honestamente e com franqueza nas ações, o famoso olho no olho”, ressaltou.

Ele também atribui o trabalho - desde a montagem do elenco até aos treinos diários - para a honra de glória de Deus. “Ele nos capacita e nos permite cumprir a missão assumida com o Penapolense”, finalizou. Para o técnico, o apoio incondicional e irrestrito da diretoria, tendo a frente o médico Nilso Moreira e a dedicação de toda comissão técnica também são imprescindíveis para a formação da equipe. (*) Com informações da A/I do Penapolense



FUNEPE INSTITUCIONAL horizontal topo

Comentários

Atenção: Os comentários feitos pelos leitores não representam a opinião do jornal ou do autor do artigo.